Mesmo com um a menos, Flamengo arranca empate com o Botafogo no sub 20

Em partida realizada neste domingo a equipe sub-20 do Flamengo superou a inferioridade numérica dentro de campo, dominou o clássico contra o Botafogo, e buscou o empate por 1 a 1.

O site oficial do clube rubro-negro fez um resumo da partida. Confira:

“Em partida disputada na manhã deste domingo (14) no CEFAT Várzea das Moças, em Niterói, válida pela quarta rodada da Taça Guanabara, a equipe Sub-20 do Flamengo jogou com muita raça, demonstrou muita qualidade e buscou o empate por 1×1 (Rodrigo Muniz) no clássico fora de casa contra o Botafogo, mesmo atuando grande parte do segundo tempo com um jogador a menos, após a expulsão do zagueiro Habraão. O resultado mantém a invencibilidade rubro-negra na competição e faz os Garotos do Ninho chegarem aos oito pontos ganhos, na segunda colocação do Grupo A. Na próxima rodada, o Mais Querido recebe o América, na Gávea. Antes, porém, o Flamengo vai a Porto Alegre para a partida decisiva contra o Internacional, na busca pela vaga na semifinal da Copa do Brasil da categoria. No jogo de ida, vitória rubro-negra por 2×0. 

O clássico começou muito truncado, com a disputa da posse de bola na região central e poucas chances de gol. A primeira foi rubro-negra. Aos dez minutos, Vitor Ricardo cobrou falta lateral e Reinier cabeceou por cima do travessão do goleiro Lucas Silva. Aos 14, após cobrança de escanteio, Rhyan brigou contra a zaga dentro da área e teve seu chute travado. No rebote, Lucas Freitas soltou uma bomba, e a zaga desviou mais uma vez. O Flamengo começava a dominar o jogo.

O Mais Querido seguia melhor em campo. Aos 25 minutos, Pablo Cruzou na área, a zaga cortou mal e Reinier bateu de primeira, para boa defesa de Lucas Silva. Aos 28, o Flamengo pressionou mais uma vez a saída de bola alvinegra e novamente forçou o erro. Christopher bateu forte, porém muito alta. O Botafogo perdeu boa chance aos 32, com Luís Henrique. Ele recebeu na cara do gol, mas Yago Darub se agigantou, fechou muito bem o ângulo e fez o atacante adversário chutar por cima do gol.

Assim como aconteceu na primeira etapa, os Garotos do Ninho começaram o segundo tempo melhores que o adversário. Aos quatro minutos, Wendel encontrou Luiz Henrique bem posicionado na entrada da área. O chute saiu seco, porém em cima de Lucas Silva, que fez a defesa com segurança. O Flamengo era superior em campo, mas o Botafogo abriu o placar aos 14 minutos, em cobrança de pênalti de Rhuan, após falha rubro-negra na saída de bola que resultou na expulsão do zagueiro Habraão.

Aos 19, Rhuan recebeu livre de marcação dentro da pequena área, mas Yago Darub fez grande defesa e salvou o Mais Querido. Mesmo com um a menos, o Rubro-Negro levava perigo ao gol adversário. Aos 24 minutos, Luis Gustavo cruzou e a bola encontraria Wendel livre para empatar o jogo, mas Lucas Silva se jogou no tempo certo e fez a defesa. Aos 37, Rodrigo Muniz soltou uma bomba, mas o goleiro botafoguense fez mais uma defesa.

Apesar da inferioridade numérica dentro de campo, o Flamengo pressionava muito. Acuado, o Botafogo apenas se defendia e torcia pelo apito final. Tanta luta deu resultado, e aos 44 minutos o Mais Querido buscou o empate. Rodrigo Muniz recebeu na entrada da área, fez belo trabalho de pivô, girou para cima da marcação e bateu com consciência, no cantinho direito de Lucas Silva, que dessa vez não conseguiu salvar o alvinegro de sofrer o empate. O 11º gol do artilheiro rubro-negro na temporada manteve a invencibilidade dos Garotos do Ninho na Taça Guanabara, e aumentou ainda mais a confiança da equipe para o decisivo duelo da próxima quarta-feira, contra o Internacional, pelas quartas de final da Copa do Brasil.

Flamengo: Yago Darub, Luis Gustavo (Vitinho), Habraão, Lucas Freitas, Pablo (Ítalo); Christopher (Lucas Gabriel), Luiz Henrique, Reinier; Vitor Ricardo (Gabriel Pierini)), Wendel (Rodrigo Muniz) e Rhyan (Natan). Treinador: Maurício Souza.”

LEIA TAMBÉM:
Flamengo tem interesse na contratação de Ramires, ex-Chelsea
Governo do Rio oficializa permissão de uso do Maracanã ao Flamengo
Vinicius Junior exalta novo CT do Flamengo: “transformação fora do normal”
Diego Alves fala sobre pressão no Flamengo: “quem não quiser procura outro lugar”

Foto: Divulgação

Curtiu essa matéria? Siga o jornalista no Twitter: Allan Abi Madi – @AllanMadi

Compartilhe!

Deixe um comentário