Flamengo divulga ingressos esgotados para sua torcida na decisão contra o Vasco

Após vencer o Vasco por 2 a 0 no jogo de ida, o Flamengo pode perder por um gol no próximo domingo, às 16h (de Brasília), no Maracanã, que levantará seu 35º título carioca. O rubro-negro terá mais uma vez estádio lotado.

Através do seu Twitter oficial, o Fla informou que os ingressos estão esgotados para a sua torcida na final do Campeonato Carioca contra o Vasco, domingo, no Maracanã.

Foram vendidos quase 42 mil ingressos ao todo, restando algo em torno de 15 mil entradas para o Setor Sul, exclusivo para torcedores do Vasco.

O Setor Norte do Maracanã é exclusivo para torcedores do Fla. Leste, Oeste e Maracanã Mais são mistos. Até agora, pouco mais de dois mil ingressos foram vendidos para o Setor Sul, exclusivo da torcida cruz-maltina.

Para facilitar o torcedor que for para o clássico, o rubro-negro divulgou os locais de pontos de troca para o jogo de domingo. Confira:

Decisão do Carioca terá mosaico na torcida do Flamengo. Serão 23 mil peças no Setor Norte do Maracanã, além de fumaça vermelha e preta na entrada do time em campo. Festa financiada pelo clube, por meio do programa de sócio-torcedor.

Na entrevista coletiva após o primeiro jogo da decisão, Abel não garantiu titulares na segunda partida da decisão do Carioca. A direção sinalizou força máxima contra o Vasco, mesmo com a importante partida diante da LDU. O Fla seguirá para o Equador em voo fretado no dia seguinte à decisão.

Rodrigo Carvalhaes de Miranda será o árbitro da decisão entre Flamengo e Vasco, domingo, no Maracanã. Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa e Luiz Claudio Regazone os auxiliares, e Bruno Arleu de Araújo o árbitro de VAR.

LEIA TAMBÉM:
Diretor do Bahia confirma interesse em Rodinei e sondagem do Fla por Ramires
Flamengo tem interesse na contratação de Ramires, ex-Chelsea
Lincoln ganha elogios de Abel e define metas para 2019: “gols e títulos”
Bruno Henrique analisa bom momento no Flamengo: “para mim, não é surpresa”

Foto: Divulgação

Curtiu essa matéria? Siga o jornalista no Twitter: Allan Abi Madi – @AllanMadi

Compartilhe!