Flamengo prioriza descanso de convocados e descarta excessos; Arrascaeta é primeiro a voltar

Gringos esperados, mas sem desespero. O Flamengo não fará esforços para mudar a logística de volta de Arrascaeta, Cuéllar e Trauco após a data FIFA. Os três ganharam folga no dia de volta ao Brasil e apenas o uruguaio será avaliado para o Fla-Flu de quarta-feira, pela semifinal da Taça Rio.

A participação como titular, no entanto, está praticamente descartada e a tendência é que o meia seja preservado para uma possível final ou para o duelo com seu time de coração, o Peñarol, pela Libertadores, dia 3. Arrascaeta é o único que já cumpriu sua missão pela seleção.

O camisa 10 do Uruguai entrou em campo na vitória por 4 a 0 sobre a Tailândia, nesta segunda-feira, em Nanning, na China, que deu à Celeste o título da China Cup. Arrascaeta substituiu Gaston Pereiro, no intervalo, e deu o passe para o terceiro gol.

O Flamengo marcou a reapresentação no Ninho do Urubu para quarta-feira, quando passará por exames avaliados pelo departamento de fisiologia. Trauco e Cuéllar farão este procedimento na quinta e estão fora do clássico.

Ambos entram em campo na terça, chegam ao Rio na quarta e se reapresentam no dia seguinte. O Peru encara El Salvador, em Washington, nos EUA, e a Colômbia visita a Coreia do Sul, em Seul.

Em momento algum o Flamengo cogitou fretar voos que acelerassem o retorno do trio ao Brasil. O clube decidiu que a prática será avaliada somente em partidas decisivas por Copa do Brasil, Libertadores e Brasileirão.

Quarto convocado nesta data Fifa, Piris da Motta chegou ao Rio no domingo, após sofrer luxação no ombro na derrota do Paraguai para o Peru. O volante passará por exames mais detalhado para saber a gravidade da lesão e se será caso cirúrgico.

GLOBO ESPORTE

Compartilhe!

Deixe um comentário