Base do Flamengo se reapresenta na Gávea após incêndio no Ninho do Urubu

Os jovens das categorias de base do Flamengo retomaram a rotina nesta segunda-feira. As categorias entre sub-14 e sub-17 se reapresentaram na Gávea pouco mais de um mês após o incêndio que matou 10 jovens no Ninho do Urubu.

Pela programação do clube, os garotos vão participar de uma reunião e não haverá treino. Tampouco está programada entrevista para a imprensa. Cauan Emanuel e Francisco Dyogo, dois dos três feridos e que estavam em Fortaleza, estão presentes. Jhonata Ventura segue no hospital.

Todos os jogadores voltarão a treinar na terça, no Audax, em São João de Meriti. A categoria sub-20 já o fez e fará o primeiro jogo após a tragédia na próxima quinta-feira, às 15h, no Rio, pela Copa do Brasil sub-20, contra o Ceilândia. O local ainda está indefinido.

O Ninho do Urubu continua interditado pela prefeitura do Rio. O Fla tinha a expectativa de liberá-lo na última sexta-feira, porém, esbarrou no Corpo de Bombeiros. O órgão fez uma nova visita no local e apontou um Laudo de Exigências para emissão do Certificado de Aprovação. O GloboEsporte.com apurou que um total de dez pontos foram solucionados pelo Rubro-Negro, mas a inspeção apontou a necessidade de resolver outros três problemas.

Sem o Certificado de Aprovação, o Flamengo fica sem ter como avançar nos outros dois documentos necessários para utilização do CT: o Habite-se emitido pela Secretaria Municipal de Urbanismo e o Alvará de funcionamento emitido pela Secretaria Municipal de Fazenda. Uma vez com o CA, porém, a tendência é de que este processo seja rápido.

Compartilhe!