Após exames, Flamengo decide não operar ombro de Piris de Motta

Depois de se machucar atuando pela seleção paraguaia, Piris da Motta se reapresentou nesta segunda ao Flamengo e realizou exames complementares para avaliar a necessidade de cirurgia no ombro direito, local da contusão. Após analisar, o departamento médico rubro-negro decidiu por tratamento não cirúrgico. A princípio, o volante ficará com o ombro imobilizado até sexta-feira, quando será reavaliado.

Outro jogador que preocupou a torcida foi Gabigol. O camisa 9 do Flamengo foi substituído no Fla-Flu do último domingo após sentir dores musculares na parte posterior da coxa direita. Na reapresentação do elenco, na tarde desta segunda-feira, o atacante fez os exercícios regenerativos normalmente e não precoupa a comissão técnica.

O próximo jogo do Flamengo é na quarta-feira, diante do Fluminense, no Maracanã, às 21h30, pela semifinal da Taça Rio. Abel Braga ainda não definiu se poupará ou não titulares. A decisão vai ser tomada em conjunto com a diretoria, depois de exames serem feitos nos atletas.

EXTRA

Compartilhe!

Deixe um comentário