Flamengo treina na Gávea depois de interdição no Ninho do Urubu

Como era previsto após a interdição do Ninho do Urubu, o time profissional do Flamengo trabalhou na Gávea na tarde desta quarta-feira. A atividade no campo da sede rubro-negra, na Zona Sul do Rio de Janeiro, começou por volta de 16h30, na véspera do duelo contra a Portuguesa, pela segunda rodada da Taça Rio.

Os jogadores circularam pela sede desde a manhã. Utilizaram a sala de musculação que normalmente serve aos atletas olímpicos, e em campo Abel Braga comandou atividade tática sem a presença dos jornalistas, que entraram com o treino encerrado. A tendência é que a única novidade seja a volta de Bruno Henrique, recuperado de uma virose.

O Flamengo também sondou o CFZ, mas o campo principal, que tem sido utilizado pelo Boavista, não está em condições por conta da chuva. A Gávea não estava recebendo treinamentos após a tragédia do Ninho, tanto que o sub-20 rubro-negro usou as instalações do Cefan, em Duque de Caxias, antes da pré-temporada no Espírito Santo. Mas a equipe do Antofagasta, do Chile, que enfrentou o Fluminense no Maracanã pela Sul-Americana, treinou no local na última segunda-feira.

Flamengo e Portuguesa se enfrentam nesta quinta-feira, às 21h (horário de Brasília), no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Na sexta, o elenco se reapresenta de olho na estreia da Libertadores: viaja para Oruro no domingo e enfrenta o San Jose na terça-feira.

Globo Esporte

Compartilhe!