Flamengo tem média de mais 43 mil presentes como mandante no Carioca

Que torcida é essa? É difícil encontrar uma resposta definitiva mas, rodada após rodada do Campeonato Carioca, a Nação dá provas do porquê é a Maior do Mundo. Entusiasmados pelos reforços de peso contratados para a temporada e pelo preço atrativo dos ingressos, os rubro-negros têm dado show nas arquibancadas do Maracanã. A última prova foi no domingo (3), contra a Cabofriense: quase 50 mil torcedores vibraram com a goleada por 4 a 0 de um Flamengo que já entrou em campo classificado para a semifinal. 

Willian Arão, Diego – em uma bicicleta perfeita -, Arrascaeta – em seu primeiro tento pelo clube – e Bruno Henrique – se isolando na artilharia da equipe no Estadual – marcaram os gols que soltaram a voz dos 49.365 presentes no Mário Filho este domingo, público que superou o clássico entre Palmeiras e Corinthians no dia anterior (38.550 presentes). No primeiro clássico do Campeonato Paulista deste ano, entre Santos e São Paulo, no Pacaembu, foram apenas 20.239 presentes.

O vice-presidente de Comunicação e Marketing do Flamengo, Gustavo Oliveira, celebrou os números de bilheteria.


“Além do elenco forte que montamos para esta temporada, que naturalmente deixa a Nação empolgada com o desempenho da equipe, estamos trabalhando nossas estratégias de comunicação buscando otimizar cada vez mais o atendimento aos nossos torcedores”, disse o dirigente.


Melhor estreia do século XXI

Na primeira rodada do Carioca, na vitória por 2 a 1 sobre o Bangu, o Flamengo encheu o Maracanã com 46.472 pessoas, chegando ao melhor público do século XXI em aberturas de temporada do clube, superando os 34.132 de 2009 e os 44.885 de 2005. Antes disso, só houve mais público em 1986, na única vez em que Zico e Sócrates jogaram juntos em uma partida oficial com o Manto, no Fla-Flu que abriu o Estadual daquele ano. Rhodolfo e Diego foram os responsáveis pelos gols do triunfo, que teve a apresentação de Arrascaeta e Gabigol no gramado como “preliminar” de luxo.


Já na quarta rodada, na vitória por 3 a 1 sobre o Boavista, 34.080 presentes vibraram com o primeiro gol do zagueiro Rodrigo Caio vestindo o Manto Sagrado e com os tentos dos atacantes Fernando Uribe e Henrique Dourado em plena terça-feira.


Agora é clássico

O Flamengo terminou a fase classificatória da Taça Guanabara com 13 pontos – quatro vitórias e um empate -, na liderança isolada do grupo C, e decide agora a semifinal com o Fluminense, com a vantagem do empate. O clássico será neste sábado (9), às 19h, no Maracanã.
As entradas para o Fla-Flu já estão à venda para sócios-torcedores por a partir de R$24. A venda para o público geral começa nesta quarta-feira (6).

FLAMENGO OFICIAL

Compartilhe!