Flamengo cancela concentração no Ninho do Urubu até conseguir regularizações

O Flamengo decidiu cancelar a concentração do time principal no Ninho do Urubu, CT em Vargem Grande, Zona Oeste do Rio, onde um incêndio deixou dez mortos e três feridos há cinco dias. O clube se comprometeu a não fazer mais pernoite no local até regularizar todos os pedidos das autoridades.

O elenco vai para um hotel nesta quarta-feira, véspera do clássico contra o Fluminense pela semifinal da Taça Guanabara, pelo Campeonato Carioca. O duelo acontecerá na noite de quinta-feira, às 20h30, no Maracanã.

Na sexta-feira, a diretoria rubro-negra se reunirá no Ministério Público (MP-RJ) e soltou um comunicado oficial para informar que quer cumprir todas as exigências. A base permanece com as atividades suspensas.

“A direção do Flamengo, que acompanhou a vistoria, tomará todas as providências em relação aos pontos que foram observados pelos órgãos públicos. E reitera que seguirá à disposição de toda e qualquer autoridade ou órgão envolvido na apuração das causas da tragédia que vitimou atletas da categoria de base do clube na manhã da última sexta-feira”, diz parte da nota oficial.

Veja a nota na íntegra do Flamengo:

” O Clube de Regatas do Flamengo recebeu hoje (na terça-feira) no Centro de Treinamento George Helal, em Vargem Grande, representantes do Ministério Público Estadual, do Ministério Público do Trabalho, da Defensoria Pública, do Ministério do Trabalho, das Secretarias Municipais de Urbanismo e da Fazenda, do Corpo de Bombeiros, do Gabinete do governador do Estado, da Polícia Civil e do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA).

Os representantes dos diferentes órgãos vistoriaram todas as instalações do CT, em cumprimento ao que fora acordado em reunião realizada na tarde de ontem (segunda-feira) na sede do MP-RJ, após convocação do procurador-geral de Justiça, Eduardo Gussem.

A direção do Flamengo, que acompanhou a vistoria, tomará todas as providências em relação aos pontos que foram observados pelos órgãos públicos. E reitera que seguirá à disposição de toda e qualquer autoridade ou órgão envolvido na apuração das causas da tragédia que vitimou atletas da categoria de base do Clube na manhã da última sexta-feira.

O Clube de Regatas do Flamengo – cuja nova administração assumiu há pouco mais de um mês – continua com o seu Comitê de Crise mobilizado na sede da Gávea, e ainda tendo como prioridade o atendimento aos familiares das vítimas fatais e aos atletas feridos “.

Extra

Compartilhe!