Americano filho de brasileiros chama a atenção nas divisões de base do Fla

Aos 11 anos, Gabriel Mendonça ainda dá seus primeiros passos no futebol e no Flamengo, mas já vem chamando a atenção de quem acompanha as categorias de base da Gávea. A trajetória do garoto, curta até então, também se destaca: filho de brasileiros, Gabriel nasceu nos Estados Unidos e, durante as férias no Rio de Janeiro, foi levado pelo pai para os testes no Rubro-Negro. Aprovado, o jovem e a família deixaram a Flórida às pressas e se mudaram para a cidade. 

O curioso da história é de que o pai de Gabriel, AJ Mendonça, escondeu da mãe, Karoline, e do Gabriel que os testes tratavam-se de uma avaliação. Meses depois de deixar os Estados Unidos, o garoto está se adaptando bem ao país. 

– A minha adaptação ao Brasil tem sido boa. Acho que o fato dos meus pais serem brasileiros ajudou muito também. Eu já falo um pouco a língua também, então, aos poucos, vou me adaptando mais e mais – comentou o camisa 6. 

Em janeiro, Gabriel foi um dos destaques da campanha rubro-negra na Ibercup, disputada no Rio Grande do Sul. O título, com vitória sobre a Inter de Milão, da Itália, na decisão, garantiu o Flamengo como representante brasileiro no Mundial da categoria, que será disputado em maio, em Bolton, na Inglaterra.

E esse tapa? Matou a ????… É o Gabriel Mendonça, do Sub-12 do @Flamengo . pic.twitter.com/EVPypac3T5— Matheus Dantas (@matheusdantasfr) 2 de fevereiro de 2019

Além de ajudar em campo com seu futebol, o lateral-esquerdo pode contribuir de outra forma com os companheiros na disputa do Mundial: como fala inglês fluente, também servirá como “tradutor” para os colegas na Inglaterra.

– Estou bem ansioso para o Mundial e poder jogar contra os maiores times do mundo. Mas tenho de continuar trabalhando forte, com os pés no chão, para chegar bem. Aí, quem sabe, eu possa ajudar a equipe com meu inglês – disse.

LANCENET

Compartilhe!