Entre vaias e aplausos, Vitinho revê Bota, contra quem foi bem em 2018

A temporada de Vitinho começou entre vaias e aplausos. Duramente criticado pela torcida no duelo com o Bangu, foi aplaudido contra o Resende. Agora, o camisa 11 tem pela frente o Botafogo, adversário contra o qual teve uma das melhores atuações no ano passado, fazendo, inclusive, um dos três gols nesta, até agora, curta passagem pelo Rubro-Negro.

Depois de um início contestado no clube da Gávea, Vitinho conseguiu mostrar evolução e fez partidas de destaque. Na derrota para o Botafogo por 2 a 1, no segundo turno do Campeonato Brasileiro do ano passado – em jogo que complicou a vida do Rubro-Negro na briga pelo título – o atacante marcou um gol, finalizou uma no travessão e foi um dos poucos a “se salvar” diante do resultado ruim.

Perseguido pela torcida do Botafogo durante o jogo, Vitinho, que apareceu para o futebol justamente no Alvinegro, à época, disse não ligar para as manifestações vindo da arquibancada adversária.

  • A sensação em fazer o gol é de gratidão ao Flamengo. Sobre as vaias: é normal, estou acostumado já. Isso não muda pra mim, nem pros meus companheiros. A gente está cascudo demais pra se abalar com esse tipo de coisa – disse.

Vitinho chegou ao Flamengo no meio do ano passado, sendo, até então, a contratação mais cara da história (por cerca de R$ 53 milhões). Porém, logo de imediato, não rendeu o que a torcida esperava e, em uma partida, ainda sob o comando de Maurício Barbieri, por conta de uma expulsão, acabou atuando apenas 36 minutos.

Globo Esporte

Compartilhe!