eSports: Após estudar nomes do cenário, Flamengo fecha com Lucifer para lugar de esA

A equipe de League of Legends do Flamengo eSports está novamente completa. O Rubro-Negro definiu o suporte sul-coreano Han “Lucifer” Chang-hoon como o novo parceiro de rota do atirador Felipe “brTT” Gonçalves e, consequentemente, o substituto de Eidi “esA” Yanagimachi.

Lucifer é uma revelação do cenário coreano, mas que começou competindo na China, disputando a segunda divisão daquele país (LSPL) vestindo a camisa do Oh My Dream, o “time B” da famosa Oh My God (OMG). No início deste ano o suporte retornou a Coreia do Sul para atuar Ever8 Winners (atualmente Winners), com o qual conquistou a primeira etapa da segunda divisão (CK) e foi vice na segunda.

Segundo o novo treinador do Rubro-Negro, o norte-americano Jordan “Grey” Corby, Lucifer “é um suporte que possui uma fase de rotas bem forte, com um bom entendimento de jogo e de mapa”. Confiante, o comandante afirmar ter a esperança de que o reforço vai “levar o Flamengo para um novo patamar”.

Com a chegada do ex-Winners, a equipe de League of Legends do Flamengo passa a contar com três profissionais da Coreia do Sul. Recentemente o clube renovou com o caçador Lee “Shrimp” Byeong-hoon e contratou o analista Seong “Reven” Sang-hyeon.

O suporte é o quarto reforço apresentado pelo Flamengo para a próxima temporada. A primeira contratação foi de Grey, em novembro, seguida pela do topo Leonardo “Robo” Souza e, posteriormente, a de Reven. Enquanto isso, deixaram o clube esA e o topo Park “Jisu” Jin-cheol.

OUTROS NOMES

O Flamengo estudou nomes tanto do cenário brasileiro, quanto do internacional no processo de escolha do substituto de esA. No Brasil, o principal alvo do Rubro-Negro foi Luan “Jockster” Cardoso, conforme revelou o ESPN Esports Brasil em outubro. Segundo informações obtidas pela reportagem a negociação não avançou por conta do alto valor da multa rescisória do integrante da Vivo Keyd.

Lucifer não foi o único coreano sondado pelo Flamengo. Fontes ouvidas pela reportagem apontam que o clube carioca também negociou com Yang “Gaeng” Gwang-yu, jogador que atualmente compete no Japão pela Pentagram.

Espn

Compartilhe!