Botafogo x Flamengo: campeão pelos dois, Zé Roberto diz que pressão maior é do Rubro-Negro

Botafogo e Flamengo entram em campo neste sábado com objetivos bem diferentes no Campeonato Brasileiro. Se por um lado o Rubro-Negro ainda sonha com o título, na outra ponta da tabela o Alvinegro luta contra o rebaixamento. Campeão pelos dois clubes, o ex-atacante Zé Roberto prefere não arriscar um placar do clássico das 19h (de Brasília) no Nilton Santos. Mas opinou sobre quem sentirá mais um tropeço.

– Não tenho acompanhado muito, mas acredito que a qualidade técnica do Flamengo é superior. Mesmo assim, Botafogo x Flamengo sempre é um jogo parelho. Acredito que a vitória seja até mais importante para o Flamengo, que investiu forte e vive a expectativa de um título. Mas não aposto em placar, não (risos). Que vença o melhor.

Fora dos gramados desde 2015, quando encerrou a carreira no Botafogo-SP, Zé Roberto vive atualmente em Salvador, na Bahia. Trocou os gramados pela “função” de motorista do filho João Vitor, como brincou por telefone. A decisão de parar foi tomada com consciência e depois de muita conversa com a família. Questionado se ainda bate saudade de entrar em campo, o ex-atacante não esconde:

– Hoje sou motorista do filhão. Na semana passada estive no Rio de Janeiro, pois ele participou de um campeonato da escolinha de futebol no Maracanã. Ali bateu uma saudade porque vivi grandes momentos naquele estádio.

E viveu mesmo. Com a camisa do Flamengo, por exemplo, foi campeão brasileiro em 2009, após uma vitória por 2 a 1 diante do Grêmio, para um público de mais de 78 mil pessoas. Pelo Botafogo, diante de 44 mil pagantes, venceu o Carioca de 2006 diante do Madureira.

– Todo momento com a camisa do Flamengo foi bacana, pois foi rápido. Foram intensos, com dois títulos (Brasileiro e Carioca). Um grupo bom de trabalho, tanto que ainda mantenho contato com Petkovic, Adriano, Fabio Luciano… O Botafogo tinha um tempo (nove anos) que não ganhava um título e também foi muito importante. Você entra na história. Um sentimento muito bom no Botafogo.

Botafogo e Flamengo travam o último clássico carioca de 2018 a seis rodadas do fim do Brasileirão. Com 60 pontos, o Rubro-Negro está seis atrás do líder Palmeiras e com apenas 5% de chances de título segundo cálculos do matemático Tristão Garcia. Por sua vez, o Alvinegro tem 38 pontos, quatro à frente do Z-4, e ainda com 17% de risco matemático de rebaixamento.

Globo Esporte

Compartilhe!