Chapa de Lomba decide recorrer ao Conselho do Fla após ter candidatura aprovada com ressalvas

A chapa “Avança Mais Flamengo”, do candidato Ricardo Lomba, decidiu recorrer ao Conselho de Administração do clube, após ter a candidatura aprovada com ressalvas nesta sexta-feira pela Comissão Eleitoral do Flamengo .

O recurso tem até o dia 25 para ser movido. E o julgamento acontece no dia 6 de novembro. O plenário do Conselho de Administração votará se aprova ou não o parecer com ressalvas.

Nele, mais cedo, a Comissão Eleitoral definiu que Lomba pode ter o registro da candidatura aceito, mas se for eleito presidente não poderá assinar documentos junto a órgãos públicos. A condição seria ele deixar o cargo de auditor da Receita Federal, o que Lomba já descartou ao EXTRA.

A solução, caso não consiga reverter o quadro, é ter algum representante do clube para assinar documentos e fazer contratações junto a Município, Estado e Governo Federal, além de concessionárias.

Ainda está em análise pelos apoiadores uma ação na Justiça comum se houver nova derrota de Lomba no Conselho de Administração.

A chapa “Avança Mais” foi alertada mais uma vez pela Comissão Eleitoral nesta sexta-feira que não pode divulgar material de campanha com o nome “chapa azul”, após decisão da Justiça do Rio vetar o uso da cor.

Houve a troca para a cor rosa, mas os perfis em redes sociais e artes de divulgação seguem utilizando a cor e o nome azul.

No encontro que acontece na Gávea nesta sexta-feira, a Comissão Eleitoral também define por sorteio onde ficarão os stands e faixas de cada chapa na sede do clube no dia da eleição, marcada para o dia oito de dezembro.

Extra

Compartilhe!