San Lorenzo e Fla superam entraves, e Piris chega ao Rio nesta quarta

O Flamengo está próximo de fechar com mais um jogador. Em negociação com o San Lorenzo, o Rubro-Negro aguarda a chegada de Piris da Motta, volante paraguaio de 24 anos. A transferência esteve travada durante esta terça-feira – por discussão de valores e prazos de pagamento do Rubro-Negro – e os argentinos ameaçaram romper o acordo definido, mas chegaram em um consenso.

O Rubro-Negro queria pagar cerca de 2,5 milhões de euros – e o San Lorenzo pediu mais durante a conclusão das negociações. O diário “Olé” publicou à tarde os argentinos queriam US$ 7 milhões (R$ 26,3 milhões) – a multa rescisória do jogador é de US$ 15 milhões. O acordo ficou em 2,5 milhões de euros (R$ 11 milhões).

Piris da Motta vai assinar por quatro anos. De acordo com seu empresário, o jogador chegará ao Rio de Janeiro na manhã desta quarta-feira. A delegação rubro-negra está em Viamão, a 25 km de Porto Alegre. O presidente Eduardo Bandeira de Mello e o vice-presidente de futebol, Ricardo Lomba viajam pela manhã para a capital porto-alegrense.

A diretoria rubro-negra não comenta as negociações, mas segue confiante num acordo para trazer o paraguaio. Sem Jonas, vendido para o futebol árabe, o Flamengo tem Cuéllar e Rômulo para a função de primeiro volante. Além das opções de prata da casa, como Ronaldo e Hugo Moura, campeão estadual de juniores neste ano.

Revelado pelo Rubio Ñu, Piris se destacou pelo Olimpia antes de se transferir para a Argentina. Desde 2016 no San Lorenzo, acumula 25 partidas e não fez gol. O volante atua na mesma posição de Cuéllar e é a opção rubro-negra para suprir a ausência de Jonas, vendido ao Al Ittihad, da Arábia Saudita.

Globo Esporte

Compartilhe!